Políticas e movimentos sociais

Seminário no Chile é aberto à comunidade

A Faculdade de Ciências Sociais da Universidade de Santiago do Chile realiza, no dia 17 de julho de 2012 (terça-feira), o seminário internacional Políticas, Sujeitos e Movimentos Sociais no Novo Cenário Latino-americano, realizado pelo Conselho Latino- americano de Ciências Sociais (CLACSO).

Aberto à comunidade, o evento tem início às 10h com o primeiro painel As políticas para a formação e o trabalho docente em contextos de desigualdade, com Elsa Gatti (Red Estrado, Uruguai); Rafael Lucio, da Universidade Centroamericana da Nicarágua; Heleno Araujo, da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Educação do Brasil (CNTE); Myriam Feldfeber, da Universidade de Buenos Aires (Argentina) e Carmen Nuñez, da Pontifícia Universidade do Chile.

Ás 14h30, será a vez do segundo painel As propostas educativas dos movimentos sociais e a democratização do conhecimento, sob a coordenação de Adriana Duarte, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG e as presenças de Daniel Cara, da campanha pelos Direitos da Educação no Brasil; Weimar Giovanni Daza, da Universidad Mayor de San Andrés (Bolívia); Nora Gluz e Pablo Imen, da Universidade de Buenos Aires.

O terceiro painel inicia, às 17h30, com o tema As políticas de inclusão e o direito da educação no novo cenário latino-americano, com Miguel de Castilha Urbina, da Universidade Nacional Autonôma da Nicarágua; Dalila Andrade Oliveira (UFMG); o vice-ministro de Educação Superior da Venezuela, Luis Bonilla; Jesus Redondo, da Universidade do Chile; Pablo Gentil da CLACSO (Brasil) e Fernanda Saforcada, da Universidade de Buenos Aires.

Serviço
Seminário internacional Políticas, sujeitos e movimentos sociais e o novo cenário latino-americano
Data: 17 de julho de 2012 (terça-feira)
Local: Auditório Pedro Ortiz da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade do Chile I/ Campus Juan Gómez Millas (Avenida Ignacio Carrera Pinto, nº 1045/Santiago)

Brasília, 13 de julho de 2012